Avaliação do sistema de tratamento de gases de uma refinaria com visão em integridade de equipamentos

  • Tania Tiyomi Matsuo

Resumo

RESUMO:
Este trabalho foi motivado pelos recentes problemas observados de degradação prematura de alguns equipamentos das unidades de tratamento de gases da refinaria; problemas para o enquadramento de H2S no gás combustível conforme exigências da CETESB (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo) e dificuldades no enquadramento das variáveis de controle de integridade de equipamentos. Serão abortados neste trabalho uma breve teoria do sistema de tratamento de gases e avaliação de duas unidades de tratamento de gases, uma de GLP (Gás Liquefeito do Petróleo) e outra de gás combustível. Para estas unidades, foram levantadas as variáveis de processo e histórico de corrosão. Estas unidades foram selecionadas por apresentar um processo corrosivo acelerado, onde serão identificados os mecanismos de dano presentes. O trabalho finaliza com propostas de melhorias visando a integridade dos equipamentos.
Palavras-chaves:Dietanoloamina (DEA). Corrosão

Publicado
2021-08-04