Aplicação da análise ergonômica no posto de trabalho visando a melhoria da biomecânica e ganho de produtividade: um estudo de caso

  • Pedro Henrique Casemiro
  • Ricardo Pereira da Silva

Resumo

RESUMO:
Sabe-se que, ainda que reconhecida sua importância, a ideia de analisar e aprimorar as atividades e postos de trabalho visando a ergonomia do colaborador poderia ser melhor difundida no meio industrial. Seus resultados, muitas vezes de cunho subjetivo, dificulta sua associação ao âmbito de produtividade, competitividade e lucro. Com isso em vista, pesquisou-se sobre a relação entre a melhora ergonômica no posto de trabalho e o aumento de produtividade, a fim de responder a seguinte pergunta: é possível comprovar que o investimento em ergonomia e adaptação do posto de trabalho aumenta a produtividade do trabalhador? Desse modo, realizou-se um estudo de caso no setor de montagem de kits de peças para caminhões, na área logística de uma empresa de fabricação de caminhões, ônibus e motores utilizandose da análise ergonômica do trabalho no posto de estudo. Assim, identificaram-se pontos de melhorias que foram implementadas após a análise. Diante disso, verificouse que o investimento na implementação das melhorias sugeridas pelo ergonomista trouxeram redução no tempo de ciclo da atividade estudada podendo ser traduzido em maior produtividade afirmando a constatação de que é possível relacionar a melhora ergonômica no posto de trabalho ao aumento de produtividade.
Palavras-chave: Ergonomia. Ergonomia e produtividade. Análise ergonômica do trabalho.

Publicado
2021-09-15