A elaboração do luto pelo ser humano do nascimento a finitude da vida

  • Karolyne Stephani Amorim Carvalho
  • Maria Luiza de Souza

Resumo

RESUMO:
Esse trabalho de conclusão de curso teve como objetivo através do levantamento bibliográfico ampliar o conhecimento acerca do luto em diferentes etapas do ciclo de vida, analisando como se dá esse processo na infância, adolescência, vida adulta e velhice, a fim de observar quais são as diferenças no processo de elaboração de cada fase e o olhar acerca das perdas. Considerou-se na literatura a visão da sociedade acerca da morte e o luto através de um breve histórico, verificando os estágios diante do luto, o confronto com a própria finitude e o processo de elaboração de acordo com os aspectos psicológicos da perda. Na infância é observado a tentativa de distanciar a morte das crianças e a necessidade de falar com naturalidade sobre o assunto para que possam aprender a elaborar futuramente. Na adolescência começam-se as perdas dos aspectos infantis e a preparação para a vida adulta e o adolescente se volta para isso se distanciando do significado da morte. Na fase adulta a energia está voltada para a responsabilidades e ao se deparar com o significado da morte reflete sobre tudo que já fez, tentando se distanciar de tudo que a simboliza. Já na velhice o luto já foi experienciado de diversas formas por ter passado pelas diversas fases da vida e se vivencia com consciência a finitude da própria vida.
Palavras-chave: Luto. Ciclo de vida. Morte.

Publicado
2021-09-18