Técnicas de alongamento para os músculos isquiotibiais: uma revisão da literatura

  • Gabriela de Lima Ramalho
  • Thais Silva Thais Silva

Resumo

RESUMO:
Introdução: Os isquiotibiais (IT) são músculos biarticulares que se encontram na região posterior de coxa, responsáveis pelos movimentos de flexão de joelho e extensão de quadril. As contraturas, encurtamentos e redução da flexibilidade desta musculatura podem levar a diversas alterações musculoesqueléticas. Para a prevenção e o tratamento das diversas perturbações que ocorrem por alterações decorrentes no IT, o fisioterapeuta utiliza-se de diversas técnicas que abrangem o seu atendimento, entre elas está o alongamento que visa aumentar o comprimento dos tecidos moles e por consequência aumentar a flexibilidade. Objetivo: Realizar revisão narrativa a cerca das técnicas de alongamento nos músculos isquiotibiais. Metodologia: Publicações em inglês e português, entre os anos de 2016 a 2020, artigos em formato completo e gratuito, estudos que abordassem comparação de técnicas e os benefícios do alongamento sobre os IT. Resultados: Foram encontrados 418 estudos e após a utilização dos filtros e de suas leituras três estudos permaneceram, abordando técnicas de alongamento na musculatura de isquiotibiais. Conclusão: O alongamento na musculatura dos isquiotibiais é de extrema importância para a realização das atividades de vida diária, auxiliando não somente nos seus movimentos ativos como antagonista, mas também na realização do movimento realizado pelo seu antagonista, através da redução de sua resistência aos movimentos. O alongamento é uma técnica muito utilizada pelos fisoterepeutas e por essa razão e há necessidade de mais estudos sobre sua eficácia nos diversos acometimentos na musculatura isquiotibial, bem como quais as considerações necessárias para se escolher uma determinada técnica para tal musculatura.
Palavras – chave: Alongamento, isquiotibial e fisioterapia.

Publicado
2021-09-18